Suspeito de matar engenheira após perseguição no trânsito é preso em MT

0
3

O suspeito de matar a engenheira agrônoma Julia Barbosa de Souza, de 28 anos, se apresentou à polícia nesse domingo (10), em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Civil, Jackson Furlan, de 29 anos, perseguiu e atirou contra a caminhonete que a vítima estava com o namorado. O disparo atingiu a vítima na cabeça.

Jackson compareceu à delegacia acompanhado de dois advogados e, durante o interrogatório, ficou em silêncio.

Julia Barbosa de Souza, de 28 anos, era passageira da caminhonete dirigida pelo namorado dela, Julia Barbosa de Souza, de 28 anos, era passageira da caminhonete dirigida pelo namorado dela

O delegado que investiga o caso, André Ribeiro, afirmou que não houve discussão entre a vítima e o suspeito e que Jackson teria ficado com raiva da lentidão no trânsito.

“Eles estavam na Avenida Brescansin, que é uma avenida de trânsito lento, os carros sempre andam devagar. O suspeito estava furioso acelerando a caminhonete querendo ultrapassar o veículo da vítima, mas aquela avenida não permite ultrapassagens”, explicou.
Segundo André, o suspeito ficou com raiva da lentidão na avenida e passou a perseguir a caminhonete.

“Eles tentaram despistar o suspeito e até conseguiram por um período, mas ele voltou a persegui-los incansavelmente. Não teve discussão, o vidro da porta da caminhonete (no lado do passageiro) estava a todo tempo fechado. Não há argumentos que justifique esse crime”, ressaltou.

A caminhonete que Jackson conduzia, segundo o delegado, era emprestada.

O crime
Julia Barbosa estava em Sorriso a passeio. Ela morava na cidade de Cornélio Procópio, no Paraná, para onde o corpo foi levado nesse domingo para o sepultamento.

De acordo com a polícia, a vítima estava com o namorado na casa de amigos se preparando para voltar ao Paraná. Ela pediu ao namorado um chocolate antes da viagem e os dois foram até uma conveniência para comprar.

Após realizar a compra, o casal seguiu em uma camionete pela Avenida Brescansin. Segundo a polícia, o trânsito na região estava lento.

O suspeito Jackson, também conduzindo uma camionete, se aproximou da traseira do veículo onde estava o casal e começou a buzinar e forçar a ultrapassagem.

Mulher é morta em briga de trânsito em Sorriso, MT

O casal foi perseguido pelo motorista por um longo trecho da cidade até que em determinado momento, próximo a um hospital particular localizado na Avenida Brasil, o suspeito sacou uma arma e disparou contra a caminhonete do casal, atingindo Julia na cabeça.

Após efetuar o disparo, ele fugiu em direção a uma rodovia estadual, a MT-242.

Na manhã de domingo (10), o veículo que Jackson conduzia foi localizado pela Polícia Militar em uma região de mata, próximo ao Bairro Rota do Sol.

O veículo com placas de Santa Carmem, a 493 km de Cuiabá, não tem registro de roubo ou furto e está com a documentação em dia.

Segundo a polícia, Jackson não tem passagens pela polícia.