https://g1.globo.com/pa/para/noticia/2019/04/24/juiz-nega-pedido-de-prisao-de-suspeitos-pela-morte-de-prefeito-de-tucurui.ghtml

0
10

Eles são das etnias Curuai e Xipaya e reivindicam também uma reunião com representantes do Governo Federal para tratar sobre regularização fundiária e a implementação de medidas que devem atenuar os impactos do empreendimento na região.

Indígenas interditaram parcialmente a rodovia Transamazônica, em Altamira, no sudoeste do Pará, na manhã desta quarta-feira (24). Eles são das etnias Curuai e Xipaya e reivindicam que a empresa responsável pelo consórcio de Belo Monte cumpra acordos, como a construção de unidades básicas de saúde.

Os indígenas também pedem uma reunião com representantes do Governo Federal para tratar sobre regularização fundiária. Eles querem a implementação de medidas que devem atenuar os impactos do empreendimento na região.

Em nota, a Empresa Norte energia informou que no último dia 23 de abril durante uma reunião com os representantes das lideranças indígenas e da FUNAI apresentou dados sobre o Plano Básico Ambiental do Componente Indígena (PBA-CI) e que todos os contratos da empresa seguem as práticas empresariais aprovadas por seu Conselho de Administração.

G1 aguarda posicionamento da Norte Energia sobre as cobranças quanto à implantação de medidas previstas nos acordos, como a construção das unidades básicas de saúde.