Mais de 20 são presos em operação da Polícia Civil de combate a violência doméstica e exploração sexual

0
4

A Polícia Civil prendeu 21 pessoas por violência doméstica até o fim da manhã desta quarta-feira (20), em municípios do interior do Estado. As prisões são resultados da segunda fase da Operação Hera das Delegacias Especializadas no Atendimento à Mulher (DEAMs). A operação saiu às ruas, por volta de 6h em 15 regiões do Pará.

As prisões ocorreram em Castanhal, Barcarena, Abaetetuba, Bragança, Santarém e São Félix do Xingu. O nome da operação é uma alusão à deusa grega da mulher, protetora do casamento e dos filhos. A primeira fase foi realizada no mês de janeiro e terminou com 29 prisões.

Os presos estão sendo levados para as sedes das DEAMs. De acordo com a PC, algumas prisões foram realizadas há uma semana, por conta do “princípio da oportunidade”, mas também fazem parte dos mandados de prisão expedidos pela Justiça para a segunda fase da operação.

Prisões
Entre as prisões já realizadas, nesta quarta-feira (20), estão as realizadas na região do Salgado, no nordeste do Pará, pela equipe da DEAM da região de Castanhal sob comando da delegada Lidiane Pinheiro, com o apoio da equipe do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI) da região e da Superintendência da Região de Castanhal.

Cinco mandados de prisão e dois de busca e apreensão foram cumpridos no nordeste do Pará. Em Bragança, policiais deram cumprimento a dois mandados de prisão preventiva por crimes de estupro de vulnerável. No dia 15 de fevereiro, uma pessoa foi presa por mandado de prisão preventiva pelo crime de violência doméstica contra a mulher.

Em Barcarena, a equipe da DEAM e da Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e Adolescente (Deaca) cumpriu quatro mandados de prisão preventiva. Três dos presos respondem por estupro de vulnerável e um por favorecimento à exploração sexual de adolescentes.

Em Abaetetuba, foram quatro prisões. Destas, três cumprimentos de prisão preventiva e um em flagrante por lesão corporal, ameaça e maus tratos contra idoso