Mendes diz que “quadrilha” espalha fake news para enganar eleitor

0
29

O candidato a governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que a reta final da campanha eleitoral terá como foco a consolidação de votos e o esclarecimento de mentiras criadas, segundo ele, por “quadrilhas de fake news”.

“O foco será desmantelar as quadrilhas de fake news, que têm esparramado muitas mentiras, tentando enganar o eleitor em Mato Grosso. A verdade sempre vencerá a mentira”, afirmou.

“A perspectiva até o dia 7 é muito positiva. Os institutos estão dando possibilidade real de vitória em primeiro turno. Nós estamos trabalhando muito para consolidar os votos. A eleição só se encerra às 17 horas do dia 7. Até lá, muito trabalho, muito trabalho. Pedir voto, falar com as pessoas e conquistar votos, mentes e corações”, disse ao MidiaNews.

 

E o foco também vai ser em desmantelar as quadrilhas de fake news, que tem esparramado muitas mentiras

Mendes disse que também fará viagens nestes últimos dias. A eleição ocorre neste domingo (07) e até às 22 horas de sábado (06) ainda são permitidas caminhadas, carreatas e panfletagens.

“Nesta reta final, vamos concentrar energias em Cuiabá e Várzea Grande. Provavelmente, vamos ainda ao interior, em uma visita rápida a Rondonópolis. Vamos manter o maior contato possível com o eleitor”, afirmou.

“Sempre mostrando a nossa intenção, nossa vontade, nossa determinação em administrar Mato Grosso com seriedade, energia, fé em Deus e com muito trabalho para mudar as duras realidades do Estado”, completou.

Voice

O mais recente levantamento do Voice Pesquisas revela não só a liderança isolada de Mauro Mendes ao Governo, mas a possibilidade de definir a campanha já no primeiro turno.

Para tanto, ele precisa conquistar 50% dos votos válidos mais um. Segundo o Voice, Mendes está com 48% dos válidos.

Já Wellington Fagundes (PR) tem 26% e Pedro Taques (PSDB) tem 23%.

A margem de erro do estudo é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 95%.

O Voice Pesquisas ouviu 812 eleitores em 30 municípios de todas as regiões do Estado, entre os últimos dias 26 e 30 de setembro.

O levantamento foi contratado pelo próprio instituto e está registrado no TRE-MT sob o nº MT – 00498/2018.